Ageless

Eu optei pela separação quando o envolvimento com alguém me levou a paixão . Não conhecia. Confundi com amor. A falta de viver em todos os sentidos ,principalmente amores ou seja qual o envolvimento fez com que quebrasse a redoma na qual um homem complexo me colocou .

Durante 20 anos eu fui Betania com H. Em todos os sentidos masculinos eu tive um homem como costumamos dizer com H . Quando a paixão se foi (em menos de 3 dias) eu vi o que tinha deixado e passei 10 anos , isto mesmo DEZ anos tentando mostrar a ele que eu “ valia a pena ver de novo”. Hoje eu vejo que nem era específico a parte masculina e a sexual envolvida . Acho que me penitenciei , porque foi penitência mesmo por ter ferido o meu ‘Pigmaleão”, criador que foi da profissional capacitada e da mulher horrorosa , interiormente, que era. Não há como expressar em qualquer idioma , usando as melhores expressões ou as adequadas, ou piores .Eu não era ninguém como ser humano em termos de personalidade, eu não sabia quem era. Eu só sabia que era o que ele construiu. O período dos 40 aos 50 anos se resume em me dedicar ao ensino da especialidade médica colocado em minhas mãos por ele , sabiamente, ficando com os louros e eu com toda a formação dos médicos.

Aos 50 após o mestrado ( tudo em mim e comigo aconteceu ou foi feito tardiamente ) um dos alunos me fez ver em uma conversa que ninguém teria coragem de enfrentar por afrontar ao ‘“ poderoso” que se eu tivesse condições de me aposentar eu o fizesse porque ali eu todos os dias era o alvo como na prática de tiro ao alvo. Eu o fiz.

Quando deixei o hospital onde entrara com 19 anos não olhei para trás . Não olhei para quem fui. Eu comecei a construir a mulher de agora.

O ano de 2017 está findo . Os meus 65 anos também . Ou seriam 15?

Existe a paz , existe a delícia das músicas, a leitura , o discernimento em se portar. Existe um bom gosto em todos os sentidos. E o amor ? Desisto?

Não veio, não aconteceu. Eu confundi varias sensações com um possível e absolutamente incrível amor mas não vingaram. Acabaram antes de ter início .

A idade cronológica já é longeva mas o que eu faço com meus 15 anos e com a Betânia sem H?

Dispenso análises psiquiátricas .

Autor: betaniasemh

Professora universitária pela UERJ e médica do Hospital Federal Cardoso Fontes/ Rio de Janeiro duração : 35 anos aposentada 65 anos. Solteira, sem filhos. Viagens, arte, música e escrever são minhas predileções atuais não deixando de forma alguma a medicina agora como um fator de ajuda a necessitados. A paixão por escrever sobre os mais variados assuntos me moveu até aqui.( Ler é vestir a alma, escrever é despi-la) Resido atualmente na região serrana do estado do Espírito Santo na cidade de Santa Teresa colonização italiana e alemã.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s