Jantar no sábado ?

Sábado à noite , quase 22 h. O vinho está com todas as qualidades a ele inerentes. Jurei uma única taça . Creio que vou quebrar juramento. Imagino, dou forma aos pensamentos de onde gostaria de estar.

O som delicioso de Ray Brown trio me leva as noites de New York para os de lá . Diferente de noites turísticas que diga-se de passagem não são nada desprezíveis , muito ao contrário aos turistas, porque levam a Broadway ou a um delicioso jantar no restaurante da nacionalidade que escolher.

Voltando ao pensamento é impressionante como gosto do “ jantar fora”. Acho a mesa, um bom vinho e se possível amigo ou alguma categoria que venha a estar , um local tipo “ confessionário”. Sim porque o vinho vai desarmando, derrubando barreiras se é que “ seja possível” e vamos ficando ‘“molinhos” e em assim sendo voltam as lembranças sempre as mais agradáveis e vamos achando soluções para todos os problemas : dos pessoais aos do país . Seguimos o Deus Baco. Seguimos trilhas de planos. Lindo demais ter uma porção de planos ainda na senescência. E porque não?

Vamos saindo de dois anos muito difíceis abdicando da tão sonhada casa própria, abdicando da gradinha de uma BMW, mas vamos por aí sonhando em achar um você , voltar a lugares inesquecíveis ou desbravar outros?

A vida tem esta delícia que é não saber o que é , poder sonhar tudo de novo e de novo. Paro um pouco e ouço, que lindo! Suba cada degrau, cada montanha , cada correnteza siga cada arco íris até encontrar seu sonho!

Eu não preciso mas como é delicioso sonhar acordada ouvindo a música .” Em algum lugar o arco íris finda e seus sonhos os que você sonha se tornam realidade”. E posso encontrar você por lá. Sob o arco íris tudo se concretiza .

O amor. Cara o amor sempre presente! E se os pássaros azuis podem voar lá porque não eu?.

As folhas caindo e tocando minha janela . Eu vejo seus lábios.

Desde que se foi os dias são longos .

Desde meu primeiro jantar que este momento me cativa. A primeira música e que passou a significar uma longa existência juntos era Roberta Flack e chamava-se: mate-me devagarinho com esta canção .

O “ você’ o fez.

Mas eu continuo sonhando muito embora a música em todas as suas interpretações agora seja” Crazy” , crazy for felling so lonely. Louca por tentar tanto, louca por amar você ( não sei quem, rs)

Autor: betaniasemh

Professora universitária pela UERJ e médica do Hospital Federal Cardoso Fontes/ Rio de Janeiro duração : 35 anos aposentada 65 anos. Solteira, sem filhos. Viagens, arte, música e escrever são minhas predileções atuais não deixando de forma alguma a medicina agora como um fator de ajuda a necessitados. A paixão por escrever sobre os mais variados assuntos me moveu até aqui.( Ler é vestir a alma, escrever é despi-la) Resido atualmente na região serrana do estado do Espírito Santo na cidade de Santa Teresa colonização italiana e alemã.

2 comentários em “Jantar no sábado ?”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s