“Política se faz olhando a frente e não pelo retrovisor”

Frase do presidente de um dos incontáveis, obesos, mórbidos, carcomidos e absurdamente ridículos partidos políticos deste país tentando impor a troca dos votos dos deputados de seu partido a consagração de sua filha ré em processos trabalhistas a ministra do trabalho.

Acho o circo um dos espetáculos mais ricos e completos , repletos de arte cênica e esmerada dedicação de muitos que o fazem por vocação também . Daí não achar conveniente chamar esta ” guerra de podres poderes ” de circo. Insultar a arte circense que não é merecedora .

Não há , não existe nada a se comparar com o que se vê neste país . Juro que tento buscar um comparativo que elucide aos incautos ou alienados ou cansados para fomentar a curiosidade . Não encontro. Filme de comédia. Jamais! Comparar Chaplin , gênio, com este ambiente nefasto .

Não encontro precedentes . Não os tenho talvez porque as ” trocas” tenham começado no desembarque aqui e ao final da carta de Caminha pedindo emprego para parente ao rei de Portugal . Creio que antes ele foi profético: em se plantando tudo dá. Verdade. Desde a benevolência de uma terra fértil a benevolência da fertilidade política . Peça , tens e me dá em troca.

Ou seja nada que tenha sido feito por políticos honrados ( mesmo a custo de nosso ouro e prata alguém pensou o país e no país; o imperador quando aqui esteve). Só . A águia de Haia voou lindamente em Haia.

Vai que o papai da proba ministra ” imposta” tenha razão. O retrovisor mostra engarrafamentos gigantescos e sem a ” saidinha ” a lá Bresil.. Mostra um país deturpado em todos os sentidos Morais, cívicos, econômicos .Mostra obras. Impressionante que se repete a cada novo membro do poder público, do mero vereador ao presidente: reunião com sua equipe : item prioritário: obra de qualquer coisa mas obra.

A política , aqui, realmente não deve ser pautada em retrovisor mas não sejamos e não o somos, pelo menos muitos de nós , ingênuos em olhar a frente a partir de uma deputada ré em processos oriundos do ministério que se candidata ou melhor o papai escolheu para ela ou assim vejamos um médico processado por improbidade administrativa olhando a frente vai para a saúde ( já teve um com CRM cassado, rs, não olhem o retrovisor) , o advogado conivente e defensor e viciado vai, sempre olhando em frente, ser justo correto e baluarte da justiça e por aí vai. Cansa. Cansa porque tantos ministérios também obesos mórbidos não podem ficar ao alcance de um piscar de olhos. Retrovisor, nem pensar.

E chegamos a conclusão ou ( muito comum aqui) especulação de que política e charco, águas paradas e fétidas, esgoto, pântano, areia movediça se coadunam com o que se observa há 517 anos: não há retrovisor. Pântanos, charcos e esgotos , por motivos diversos invariavelmente não permitem visões límpidas cristalinas e portanto reais para olharmos a frente.

Sugiro um muro, tipo Berlim ou mais atualmente o do México ( clarear aqui nada a ver com o pavão e sua neta nos EUA)

A partir deste muro separemos o joio do trigo.

Deve haver algum trigo.

Ou então melhor dar vivas a senescência cada vez maior da população deste país e fazer voltar doenças tropicais e erradicadas no resto do mundo para dizimar os idosos: resolve o déficit da previdência e dispensam- se as trocas (referentes a este item). Vai que o plano seja este?

Já suicidaram e assassinaram muitos com o roubo generalizado . Só falta soltar as moscas e mosquitos pertinentes e resolve-se a previdência com os ” idosos políticos ” protegidos em suas nababescas áreas fiscais fora do país onde foram e são aves de rapina .

Aposto que o Sarney continuará vivo.

Autor: betaniasemh

Professora universitária pela UERJ e médica do Hospital Federal Cardoso Fontes/ Rio de Janeiro duração : 35 anos aposentada 65 anos. Solteira, sem filhos. Viagens, arte, música e escrever são minhas predileções atuais não deixando de forma alguma a medicina agora como um fator de ajuda a necessitados. A paixão por escrever sobre os mais variados assuntos me moveu até aqui.( Ler é vestir a alma, escrever é despi-la) Resido atualmente na região serrana do estado do Espírito Santo na cidade de Santa Teresa colonização italiana e alemã.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s