Pois é , falaram tanto!

Recebo inúmeros ” zaps” demonstrando a felicidade , a euforia advinda da tênue decisão do STF. Observo agora muito pouco as redes sociais onde existe polarização diante da ” encenação da paixão do Cristo dos pobres e oprimidos”.

Confesso também que ao observar um ser humano em uma situação de decadência moral perante a nação que ele se dispôs a ” passar a limpo” e perante o mundo que sempre lhe rasgava os maiores elogios pela origem humilde, a falta de cultura e a tenacidade em se tornar ” o cara” , senti pena. Uma enorme pena.

Existem dois sentimentos que justamente pela falta do ” sentir algo” tenho ojeriza: a indiferença e a pena. Esta última ainda tem resquícios de sentir algo mas é tão doído, repugnante que nos leva a alguma atitude.

A indiferença não , esta é a total ausência de qualquer sentir. E é a mais terrível sensação que possamos ter ou suportar. Indiferença em meu entender é sepultar alguém ou algo que nos é caro ou foi de alguma forma importante .

Eu vi no terraço do sindicato que ele se lançou liderando muitos um bêbado e sua última ceia: um churrasco. Ao lado dele prestei atenção na ” indiferença montada” pela presidente do partido.

Alguns ” amigos” procuravam retirar a garrafa de ” água mineral” que ” trepado” ele teimava em resgatar.

Eu acreditei em um moleque e votei neste moleque ou nos adversários deste ser humano por total descrença desde sempre de que haveria uma pretensa honorabilidade em ganho para o país se assim fosse, presidente.

Os primeiros acordes de sua sinfonia até me surpreenderam. Será?

Autores reconhecidos o consideram o ” melhor presidente” que o Brasil teve e correm a citar seus feitos.

Quando colocados perante ” feitos e fatos” não sobra nada a não ser um ídolo de barro.

Não sendo analista política e sem dados concretos posso dizer que sim, comecei a olhar os feitos e nunca os fatos: finalmente os ” teimosos do sertão” teriam água . Não a têm. Obras super faturadas e estruturas já construídas se demolindo e enferrujando muito semelhante ao, digamos, fim deste homem.

Postergou sua apresentação ao sistema prisional com certeza porque nada fez pelo sistema falido há décadas. Postergou porque acreditava ser intocável em sua soberba e megalomania conhecida por aqueles que o observam.

Pena ao ser humano .

Escárnio de seres humanos absurdamente mal informados e sempre jogando em redes sociais suas próprias frustrações e se deixando levar pela eufórica pretensão que agora acabou a corrupção ou no mínimo o castelo de areia começou a ceder.

Circo, sem a beleza que existe na circense.

Utopia , como tudo neste país.

Endeusanentos a uns e outros ministros do STF que sempre chamou publicamente a atenção de um juiz que queria holofotes. Chamou todos holifotes a si.

Democracia . Crêem que seja democracia isto e assim será enquanto copiar modelos de democracia que deram certo porque justamente cumpriram com os princípios e direitos básicos inerentes ao povo que o sustenta. Aqui não . Nossos direitos são usurpados há séculos e há séculos ” funcionários públicos” que são empregados nossos se tornam Luiz XIV, ou Napoleão Bonaparte com a diferença que estes ao se locupretar de suas ideias e ideais o faziam porque consideraram ao povo algo que lhes podia ser importante ao momento.

Mais uma vez , pela enésima ou mais vezes o custo foi , tem sido e o será altíssimo a nós: mais que trilhões retirados de pontos vitais , retiraram sonhos quer polarizados , com pena, indiferença ou ódio e retirar sonhos, enfraquece-los, ceifa-los é decretar a morte iminente de qualquer pessoa pertencente a qualquer classe , casta, cor e mais divisões que enfraquecem união e não somam nada .

Pena

O legado tem sido uma juventude alienada a ser tratada , se também não morrer ou for morta, em um sistema público de saúde que vai custar o triplo para corrigir a LER ao se debruçaram sobre celulares para ver likes em caras e bocas a procura de ” encostos” para fugirem da realidade qual seja educação estudo empenho e luta.

Frangalhos hunanos revestidos de alienação ou a célebre e já cansativa procura de jovens mentes pelo lindíssimo ” mundo novo” orquestrado por deuses esquerdistas ou ditadores usualmente em livros best sellers e já comprovado fluir em miséria e despostismo.

A pena é do Brasil , retratado por uma esperança bêbada , desorientada orientando e fomentando guerra, saques entre pares enquanto ” falava” com poderosos para saber quanto tempo iria permanecer trancafiado .

Alguns dias, creio.

Anúncios

Autor: betaniasemh

Professora universitária pela UERJ e médica do Hospital Federal Cardoso Fontes/ Rio de Janeiro duração : 35 anos aposentada 65 anos. Solteira, sem filhos. Viagens, arte, música e escrever são minhas predileções atuais não deixando de forma alguma a medicina agora como um fator de ajuda a necessitados. A paixão por escrever sobre os mais variados assuntos me moveu até aqui.( Ler é vestir a alma, escrever é despi-la) Resido atualmente na região serrana do estado do Espírito Santo na cidade de Santa Teresa colonização italiana e alemã.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s