Que lindo!

O que eu tenho doutora? Eu estou indo mas eu vejo que estou vindo.

Eu venci o câncer doutora . Por minha conta deixei o remédio que me passaram e faço 36 h de jejum .

Eu , doutora, sinto muita dor na coluna trabalhando na lavoura . Desde quando ? Ah desde os 5 anos!

Eu tinha um sítio depois de aposentado , fui diplomata, falo 7 idiomas . Perdi meu sítio no segundo governo Lula . Porque ? Porque me dediquei a reflorestamento e o MST invadiu e o presidente mandou dar causa de ganho a eles . Perdi tudo . Praticamente dei o sítio. Tive de recomeçar aqui.

Eu quero que a senhora me aposente. Sinto dores. Ah mas se tomo um analgésico passa. Mas não é caso de aposentar não?

O nome dele é Apolo. Ah é Deus grego? Sabia não .

Ah eu não sei porque aparece isto em mim estes furúnculos. Ah mas eu gosto da jeans apertada. Sim trabalho no calor durante o dia todo. O que? Usar roupas mais leves e confortáveis? Mas gosto de me vestir assim: jeans apertadinho.

O que? Fazer alongamento? Antes e depois do trabalho? O que é isso? Agora a senhora fazendo eu acompanho . Eu sou solteirona. Ah ! A senhora também é? Tenho vergonha de dizer isso. Como? A senhora não se importa? E acha ótimo? Que bom! Vou passar a achar também !

E por aí vai cara a cara as dores do corpo muito somatizados pelas da alma um dia a dia lindo sob o ponto de vista da vocação médica e de puro horror sob o ponto de vista humano.

Apaixonante a individualidade da manifestação dolorosa. Edificante e gratificante o olhar de pura admiração e felicidade por ter sido primeiro, ouvido e considerado e depois saber que deu certo, caso precise, o tratamento.

É assim aos longos dos quase 66 anos sem a energia e a força inerente aos meus 22 qdo formei mas o mesmo entusiamo, carinho e a paixão pelo que se faz.

Muito lindo

Bjs

Anúncios

Autor: betaniasemh

Professora universitária pela UERJ e médica do Hospital Federal Cardoso Fontes/ Rio de Janeiro duração : 35 anos aposentada 65 anos. Solteira, sem filhos. Viagens, arte, música e escrever são minhas predileções atuais não deixando de forma alguma a medicina agora como um fator de ajuda a necessitados. A paixão por escrever sobre os mais variados assuntos me moveu até aqui.( Ler é vestir a alma, escrever é despi-la) Resido atualmente na região serrana do estado do Espírito Santo na cidade de Santa Teresa colonização italiana e alemã.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s