Feliz niver!

Os últimos momentos em 65 anos de existência. Como analisá-los?
Existe um vazio de ideias ao momento e um turbilhão de efeitos a vir a mente.
Analisemos assim, creio:
Os sonhos mais lindos, sonhei. De quimeras mil um passado vivi. És fascinação, amor.
O lado escuro da lua foi aceso pela sombra de teu sorriso. Deixei estar e vi Lucy no céu junto a diamantes. Aqui está chegando o sol porque o vento é alto e turva minha mente mas você tem uma amiga e eu devo ser forte e continuar porque em algum lugar além do arco íris pássaros azuis voam porque não eu? Sendo preciso saber viver pensei e contei até três , repeti mais de uma vez.
As curvas da estrada de Santos me fizeram ouvir as canções que você fez para mim e eu sei e você sabe , já que a vida quis assim que nada deste mundo levará você de mim e me matando gentilmente com sua canção , contigo aprendi a conhecer um mundo novo de ilusões , que a semana tem mais de sete dias e que nasci no dia que te conheci quando acaricia meu sonho o suave murmúrio de teu suspirar e se é meu o amparo de teu riso leve sendo como um cantar saberão que és meu consolo mas saber se sentir infinito em um universo tão vasto e bonito é saber sonhar e fazer valer a pena cada verso daquele poema sobre acreditar, assim eu prefiro os sorrisos e os presentes que a vida trouxe para perto de mim !
Não importa o que traga o futuro e segue sendo sempre a mesma história a luta entre amor e glória, fazer ou morrer nunca serão absoletos o luar e as canções de amor .
Escutei aos treze anos: quando eu tiver 64 você me enviará , ainda, uma garrafa de vinho como cumprimento ao dia dos namorados, ainda me encontrará, ainda me amará e terei as respostas quando eu tiver 64.
Eis entremeados pelos Beatles, Pink Floyd , Paris , Elis, Eva Cassidy, Roberta Flack, Roberto Carlos,
Maria Bethânia, meu poetinha, a certeza aos meus tenros 66 anos : eu sei que vou me amar, por toda minha vida eu vou me amar!
Feliz aniversário Maria Betânia !

Autor: betaniasemh

Professora universitária pela UERJ e médica do Hospital Federal Cardoso Fontes/ Rio de Janeiro duração : 35 anos aposentada 65 anos. Solteira, sem filhos. Viagens, arte, música e escrever são minhas predileções atuais não deixando de forma alguma a medicina agora como um fator de ajuda a necessitados. A paixão por escrever sobre os mais variados assuntos me moveu até aqui.( Ler é vestir a alma, escrever é despi-la) Resido atualmente na região serrana do estado do Espírito Santo na cidade de Santa Teresa colonização italiana e alemã.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s